Busca rápidaX

MANCHETES

Falece jornalista e escritor gaúcho David Coimbra

27 de maio de 2022
David Coimbra morreu nesta sexta-feira, 27, após anos tratando um câncer (Foto: Reprodução Facebook)

O jornalista e escritor gaúcho, David Coimbra, morreu na manhã desta sexta-feira, 27, em Porto Alegre, após quase uma década da batalha contra o câncer.

Nascido na Capital gaúcha, com 60 anos recém-completados, o jornalista do Grupo RBS começou a enfrentar problemas de saúde em 2013 ao ser diagnosticado com um tumor em estágio avançado no rim esquerdo. Após sentir dores no peito, descobriu ainda que a doença já havia se espalhado silenciosamente por meio de metástases ósseas para outras três partes do corpo.

Depois de uma cirurgia para extirpar o órgão e de tentar tratamentos que não surtiram o efeito desejado no Brasil, rumou para os Estados Unidos com o objetivo de dar sequência à luta contra a doença.

Em seu exílio temporário, desde Boston, seguiu escrevendo textos para o jornal Zero Hora e GZH e participando de programas na Rádio Gaúcha. 

Nos EUA, David conseguiu tomar parte em um estudo clínico inovador que testava a aplicação de imunoterapia – o paciente recebe uma droga que ativa o sistema imunológico com o objetivo de combater o câncer. A resposta de seu organismo foi considerada excelente, o que ajudou a compor as 208 páginas do livro Hoje Eu Venci o Câncer, publicado pela L&PM em 2018.

David decidiu escrever uma obra em tom confessional logo depois de receber a notícia do médico, ainda no Brasil, de que poderia ter poucos meses de vida.

Naquele exato momento, resolveu colocar no papel todo seu sofrimento, mas principalmente sua esperança, para que o filho Bernardo – outro de seus grandes amores, hoje com 14 anos, além da mulher, Márcia – pudesse conhecer em detalhes a alma do pai que até os 50 anos se considerava uma “fortaleza física”, e que, depois do diagnóstico, como relatou nas páginas do livro, passou a considerar que a felicidade é “um dia bem vivido, sem dores físicas importantes, em que você agiu com correção e que termina em paz”.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e GZH
error: Conteúdo protegido!