Busca rápidaX

HCI lança campanha de incentivo à doação de leite humano

19 de maio de 2022

Com o slogan “Doe leite materno e receba a gratidão de uma vida”, o Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) integra a campanha nacional lançada hoje pelo Ministério da Saúde, com o objetivo de intensificar o aumento de mães doadoras e abastecer os estoques de seu Banco de Leite Humano, que está muito abaixo do necessário. Assim como no restante do País em que, mesmo registrando aumento no volume de doações em relação a 2021, o quantitativo representa somente 55% da real necessidade por leite humano, no HCI esse índice está em 40%.

Em 2021, foram registrados 1.075 nascimentos no HCI, dos quais 155 foram bebês prematuros, o que representa 14% do total. Conforme a responsável técnica pelo BLH HCI, a nutricionista Daniele Schott, são necessários 60 litros de leite humano em média para suprir a demanda mensal. “Estamos conseguindo, com alguma dificuldade, realizar o atendimento, mas nossos estoques estão baixos. Temos recebido cerca de 40 litros, e este mês de maio está sendo atípico. Precisamos muito sensibilizar nossa população sobre a importância da doação deste alimento importantíssimo para nossos recém-nascidos, enfatizando como um gesto simples é capaz de salvar muitas vidas”, frisa.

Atualmente, o BLH HCI conta com 30 doadoras de leite humano ordenhado, entre coletas internas e externas, e processa em média um volume de 40 litros de leite mensais, distribuídos somente no Hospital, entre UTI Neonatal e Berçário, em que 28 RN’s receptores são alimentados. São realizados em média 300 atendimentos individuais, além da oferta de orientações e apoio às doadoras.

Referência para a população dos 20 municípios da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), o BLH também recebe doações de outras cidades. Na manhã de ontem, o motorista da Secretaria de Saúde de Santo Cristo, Milton Adam, realizou a entrega de doações, que acontecem a cada 15 dias. “As gestantes de nossa cidade realizam os exames e mandam para avaliação aqui no HCI e, por isso, realizamos essa doação tão importante para salvar vidas”, frisa.

Estimativa do Ministério da Saúde mostra que cerca de 340 mil bebês brasileiros prematuros ou de baixo peso nascem no País por ano, o que corresponde a 12% do total de nascidos vivos. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) apontam que cerca de 6 milhões de vidas são salvas por ano, devido ao aumento das taxas de amamentação até o sexto mês de vida. Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite materno, basta estar saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação.

Primeiro banco de leite humano a ser instituído no interior do Estado, em 13 de agosto de 1984, o BLH HCI realiza uma série de ações envolvendo mães, bebês e as unidades da Instituição, formando uma Rede de Apoio. Todo o trabalho de excelência passa por uma equipe multiprofissional formada pelo médico responsável Maurício Bortolini; a responsável técnica, nutricionista Daniele Schott, a enfermeira Karolina Polo; a farmacêutica Lisane Bernardi; a técnica de Enfermagem Andressa Felippe; e a técnica de Enfermagem, Terezinha Avila.

O Brasil tem a maior e a mais complexa rede de bancos de leite humano no mundo, referência internacional. São 225 bancos de leite presentes em todos os Estados brasileiros, sendo um deles o do HCI. A Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano é uma iniciativa do Ministério da Saúde, por meio do Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), e atualmente integra a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança e Aleitamento Materno (PNAISC). O importante trabalho realizado pelo Banco de Leite Humano do HCI foi reconhecido pela Rede, com a entrega do Certificado de Reconhecimento pelas ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e pela assistência à saúde da mulher e da criança.

“O Banco de Leite Humano tem uma importância grande para a comunidade, realiza capacitações de profissionais da saúde do município, e trabalha em conjunto para que o aleitamento materno seja alcançado por todas as mamães. O setor oferece o serviço de coleta externa de leite humano, na residência das doadoras, como também, no Hospital da Unimed, através do trabalho realizado em conjunto com a nutricionista, Lenise Wiercinski”, acrescenta Daniele.

Visando facilitar o contato com as doadoras foi disponibilizado um número de whatsapp para comunicação, o qual pode ser utilizado para sanar dúvidas, agendar horários e outras demandas: 55 9 9213 0248

Ação – Para marcar o Dia Mundial e Nacional da Doação de Leite, celebrado hoje, o BLH HCI preparou um vídeo institucional com depoimentos de mães de bebês prematuros de nossa Instituição, disponível no canal do Youtube do Hospital, e também realizou a entrega de um mimo em agradecimento à parceria de cada uma. 

O BLH em números em 2021:
2,8 mil atendimentos individuais;
85 visitas domiciliares;
316 doadoras;
5.479 receptores;
379,5 litros de leite humano coletados;
320,6 litros de leite humano distribuídos;

Fonte: Rádio Progresso e HCI
error: Conteúdo protegido!