Busca rápidaX

MANCHETES

“Mentiram sobre o IPTU e sobre minha sexualidade, e agora tentam novamente desgastar o governo”, desabafa Cossetin

5 de julho de 2022

O prefeito de Ijuí, Andrei Cossetin, participou na manhã desta terça-feira do programa Rádio Ligado. Informações apuradas pelo vereador Josias Pinheiro (PDT) junto ao Portal da Transparência indicavam que Cossetin recebeu R$ 79.480 em diárias no ano de 2021 e R$ 32 mil neste primeiro semestre de 2022. No entanto, o mesmo portal informou que o prefeito recebeu R$ 11.480 no ano passado e R$ 6.080 neste ano, o que fez com que o vereador fizesse questionamentos.

Durante a manhã, Josias participou do mesmo programa e pediu correções, afirmando que o município precisa ser transparente quanto aos valores discriminados. Em contraponto, o prefeito Andrei Cossetin atendeu a RPI e admitiu um erro no portal. “Quem coloca esses dados no Portal da Transparência são servidores públicos e pode ser que houve erro. Estamos tentando saber o que aconteceu e por que na primeira tela apareciam esses valores. No entanto, desdobrando as informações, o que qualquer pessoa conseguiria fazer, veria que esses dados estavam incorretos”, disse Cossetin.

Para o prefeito, há uma má-fé ou uma vontade de “queimar” o seu governo falando em falta de transparência. Ele afirmou que o vereador poderia ter ligado para a secretaria e sanado as suas dúvidas. “ Ele nos fez perder tempo. Inclusive a esposa dele (Josias) é contadora do município e poderia ter explicado. Uma criança na segunda série poderia fazer um cálculo muito simples e pegar o valor de R$ 80 mil e dividir por R$ 280 e veria que esse número é errado pois eu teria que ter tirado 285 diárias para ter recebido esse valor. E em 2022 é ainda pior: no valor apontado pelo vereador, que é de R$ 32 mil, daria 177 diárias em 180 dias ou em seis meses. Sendo asism eu deveria morar em Porto Alegre”, ironizou.

Cossetin informou que a diária recebida por ele é de R$ 280, onde gasta com hotel, alimentação e táxi, enquanto a diária da Câmara é R$ 618. “Eu não vou a Porto Alegre fazer curso. Em muitos momentos não gostaria de ir e vou somente quando preciso. Eu desafio o vereador que me acusou de receber 110 mil reais em diárias a mostrar o que ele trouxe, porque em março e abril ele gastou R$7.468 de diárias”, disse o prefeito.

O prefeito ainda disse que há uma tentativa de atacar a sua imagem. “Da mesma forma como mentiram sobre o IPTU, mentiram sobre a minha sexualidade, dizendo que sou homossexual, e, agora, mais uma vez tentam desgastar o governo que com uma ligação seria resolvida”, concluiu.

error: Conteúdo protegido!