Busca rápidaX

MANCHETES

“O fechamento de serviços no HCI está fora de cogitação”, segundo instituição

5 de julho de 2022

O vereador e presidente da Câmara de Ijuí, Matheus Pompeo de Mattos (PDT), utilizou a tribuna na última sessão ordinária (04/07) para reiterar a situação financeira enfrentada pela instituição e a necessidade de mais aporte financeiro para que o hospital possa custear a prestação de serviços, como a manutenção da UTI Neonatal, que representa um débito anual milionário para a instituição. 

De acordo com a assessoria de comunicação da instituição, os problemas financeiros, já externados diversas vezes, não colocam em dúvida a manutenção da prestação do serviço. “O que foi exposto é que, se o HCI não contar com outras fontes de receitas teria, sim, que fechar unidades como a Maternidade, que dá um prejuízo histórico anual porque o SUS não cobre os custos que temos para manter esses serviços”.

Ainda de acordo com a assessoria, para fazer frente a esses custos, o HCI tem buscado novas receitas como emendas parlamentares, convênios, ampliação de serviços, novos credenciamentos. “O custo mensal do hospital é muito alto e é preciso recursos para isso. O foco não é o fechamento de serviços, o que está fora de cogitação, e, sim, a busca por apoio financeiro”.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!