Busca rápidaX

“ONGs querem que gastemos R$ 20 milhões com animais enquanto pessoas esperam por atendimento na saúde”, diz Cossetin

27 de maio de 2022

Um projeto de 2013 que rege a causa animal em Ijuí foi alterado pelo Poder Executivo de Ijuí e está em análise nas comissões da Câmara de Vereadores. Após pressão dos legisladores, a prefeitura decidiu alterar e expandir o número de tutores que serão beneficiados com a castração de animais: se na primeira proposta o critério exigido era do tutor receber no máximo até meio salário mínimo, agora as pessoas que possuem renda de até três salários mínimos estão inclusas no projeto.

“Cerca de 1,2 mil animais deverão ser castrados por ano. O que totaliza 100 por mês”, informou o prefeito Andrei Cossetin, durante entrevista à Rádio Progresso.

O prefeito disse que, quando vereador, juntamente com colegas, acabou ‘caindo’ na pressão de ONGs e pede que isso não volte a ocorrer. “Acham que o município iria gastar praticamente R$ 20 milhões por ano com animais enquanto temos pessoas esperando em filas por atendimento na saúde”, ressaltou.

O projeto não tem dia preciso a ser votado e não deve entrar em votação na próxima sessão. “Queremos que os vereadores votem logo para que a gente possa ajudar os animais. Se em outras gestões tínhamos R$ 300 mil para a causa animal, nessa colocamos R$ 1,4 milhões em recursos”, concluiu Cossetin.

error: Conteúdo protegido!