Busca rápidaX

Passagem do ciclone Yakecan já deixa dois mortos

17 de maio de 2022

Duas pessoas morreram devido aos ventos da tempestade subtropical que atinge o sul do Brasil, Uruguai e partes da Argentina.

Um homem de 51 anos morreu no Rio Grande do Sul. Segundo o Corpo de Bombeiros, o corpo de um pescador foi encontrado no Lago Guaíba na manhã desta terça-feira (17).

As informações são de que o pescador estava na Ilhota do Arado e tentou retornar para Porto Alegre, quando o barco em que ele estava virou por conta da situação climática. A outra pessoa a bordo foi resgatada com vida.

Já no Uruguai, a vítima foi um jovem de 23 anos, que morreu na tarde da segunda-feira depois que uma palmeira caiu no telhado de sua casa. Nas regiões Sul e Leste do Uruguai as rajadas de vento chegam a até 130 km/h.

Além das mortes, alguns dos transtornos provocados pela passagem do ciclone são destelhamento de estruturas precárias, queda de árvores e postes, entre outros.

Entre os cuidados necessários estão evitar sair de casa durante tempestades, buscar locais protegidos e informações sobre o clima. O Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) orienta que a população desligue a energia da tomada e feche a saída de gás do botijão durante a tempestade.

Fonte: Com informações da CNN e Jornal do Comércio NE. Foto: Corpo de Bombeiros Militar - RS
error: Conteúdo protegido!