Busca rápidaX

Quase meio século de doação: Ijuiense Dilson Lazarotto dedica sua vida para salvar outras vidas através da doação de sangue

20 de junho de 2022

Mecânico aposentado, pai, avô, cidadão e herói. Não por quê possui superpoderes, e sim por quê há mais de 40 anos, seu Dilson se dedica a um ato de amor e doação: salvar vidas.
Prestes a completar 58 anos, o ijuiense Dilson José Lazarotto perdeu as contas de quantas vezes já doou sangue. A primeira vez foi há mais de 40 anos. Para ele, salvar vidas e saber que está fazendo o bem sem olhar a quem, é a principal motivação para a atitude que, sem dúvida, já ajudou a salvar milhares de pessoas.

No entanto, segundo ele, a população ainda precisa evoluir muito no que diz respeito a doação voluntária: “percebemos que a maioria das pessoas doa sangue em caso de necessidade ou obrigação, quando tem um familiar ou amigo precisando” comenta.

Seu Dilson doa sangue quatro vezes por ano, já que a doação pode ser feita a cada dois meses. Além de sangue, o mecânico aposentado também doa plaquetas, e já é figura conhecida entre os profissionais e pacientes do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). “Quando estão precisando de sangue ou plaquetas o pessoal do HCI já me liga, sabem que estou sempre pronto” comenta.
Todas as doações feitas pelo seu Dilson, são voluntárias. Inclusive foi ele quem estreou o equipamento do HCI para coleta de plaquetas.

Se assim como seu Dilson, você é uma pessoa saudável e deseja ajudar a salvar a vida de outras pessoas, entre em contato com o Banco de Sangue do Hospital de Caridade de Ijuí, através dos telefones (55) 3331- 9373 e Whatsapp (55) 9 8176-3993.

Fonte: Rádio Progresso
error: Conteúdo protegido!