Busca rápidaX

“Sou evangélica e de esquerda e não há problema algum”, diz Juliana Campoy

21 de junho de 2022

A suplente de vereadora Juliana Campoy participou da primeira sessão como titular da cadeira do PT, enquanto Adalberto Noronha está licenciado. Ela deve permanecer como vereadores por um período de 31 dias. Em seu discurso de apresentação, a vereadora enfatizou a luta em prol da cultura e da arte de rua, assim como em defesa da educação. 

No uso do espaço do pequeno e grande expediente, a Vereadora discursou sobre a sua trajetória pessoal e profissional, agradecendo aos eleitores por depositarem a sua confiança na sua candidatura. “Quero que o nosso nome fique marcado positivamente nesses 31 dias e que a comunidade ijuiense possa usufruir de forma permanente das nossas contribuições. Marcando o meu nome como uma nova liderança política, capaz de propor melhorias para essa cidade”, destacou Campoy.

O grupo cultural A Cena Vive acompanhou a primeira sessão da vereadora, que discursou também em defesa da valorização cultural. “Eu sou evangélica, de esquerda e afirmo que não tem mal algum. Nossa luta é em defesa de quem precisa”, pontuou. 

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!