Busca rápidaX

MANCHETES

“Muitos do que comentam na rede social, sequer frequentam reuniões na escola dos filhos”, diz Paulo Braga

21 de junho de 2022

A sessão Ordinária na Câmara de Vereadores de Ijuí desta segunda-feira, 20, contou com a presença de representantes de grupos oriundos do Hip Hop, como apoio à iniciativa dos vereadores Paulo Braga e Cleutom Rolim (PDT) em relação à proposição que cria o dia e a semana do Hip Hop no município. A inciativa enfrenta resistência de algumas pessoas, que relacionam o movimento com criminalidade.

O anteprojeto de lei deve ser encaminhado ao poder executivo para análise. Na tribuna, os vereadores se manifestaram sobre o tema. Paulo Braga, proponente, usou o espaço para lamentar o preconceito com a cultura Hip Hop, que para ele, exerce papel social fundamental nas periferias e bairros da cidade. “Precisamos valorizar a cultura que salva vidas, que acolhe a juventude e que é uma forma de protestar contra o sistema”, disse. Em relação às críticas, o vereador foi enfático: “Muitos dos que comentam criticando, sequer frequentam as reuniões escolares dos próprios filhos. Precisamos atender as necessidades da juventude”. 

Cleutom Rolim acompanhou o discurso de Braga e reforçou a importância de incentivo do poder público no fomento à todas as culturas. Já Cesar Busnello (PSB), disse ter certeza da avaliação positiva de Cossetin à proposição, “já que o prefeito tem uma academia e dança e sabe a importância da valorização cultural”, ironizou. Na plateia, os representantes do movimento Hip Hop em Ijuí, acompanharam todas as discussões. 

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!