Busca rápidaX


MANCHETES

Governo do RS confirma 4ª morte no estado em razão do temporal

21 de novembro de 2023
Algumas ruas também foram alagadas de forma pontual durante a chuva forte (Fotos: Grupo Caçadores de Notícias/Divulgação)

O governo do Rio Grande do Sul confirmou hoje mais uma morte causada pelas enchentes que atingem o estado desde o fim de semana. A vítima é uma mulher de 67 anos, não identificada, que foi encontrada morta dentro de uma casa alagada em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre. No domingo (19), foi encontrado o corpo de Luis Antônio Martins, considerado a primeira vítima das enchentes que atingiram o estado. Ele teve o carro arrastado pela correnteza ao transitar por uma estada estadual em Vila Flores, na Serra.
Outras duas vítimas, Elisabeta Maria Benisch Ponath, de 51 anos, e a mãe dela, Lidowina Lehnen, de 86 anos, haviam sido encontradas em Gramado no sábado (18). Elas morreram após a residência em que estavam ser soterrada.Outras três pessoas morreram em Santa Catarina por conta das enchentes no estado.
Uma das vítimas é um homem de 46 anos que andava em uma moto aquática e colidiu com a fiação elétrica em Palmitos, no Oeste. As outras duas foram em Taió: duas mulheres, amigas, perderam a vida depois que o carro em que estavam afundou em uma área alagada por causa da chuva.

Fonte: RPI/ G1
error: Conteúdo protegido!