Busca rápidaX

MANCHETES

Após mais de três horas aguardando por consulta na UPA, cidadão reclama da “lentidão” no atendimento

20 de maio de 2022

Um cidadão de Ijuí que precisou levar a esposa na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA) na noite dessa quinta-feira (19) procurou a reportagem da Rádio Progresso hoje (20) para reclamar sobre a quantidade de pessoas que aguardavam por consultas médicas e a lentidão no atendimento. Renan Radons de Ramos relatou que ficou quase quatro horas aguardando a esposa ser chamada ao consultório. Ela estava com febre, tosse e dor no corpo. Segundo ele, eram quase 50 pessoas necessitando de atendimento e algumas estavam aguardando há mais de quatro horas.

A reportagem da Rádio Progresso entrou em contato com a coordenação do local. Segundo a enfermeira Renata Paim, coordenadora administrativa da UPA, no caso específico de ontem, realmente havia mais de 40 pessoas no aguardo por consultas. No entanto, segundo ela, a maioria dos casos não eram graves, ou seja, esses pacientes poderiam aguardar a consulta ou mesmo agendar na ESF (Estratégia de Saúde da Família) de referência. Além disso, segundo ela, normalmente são dois médicos atendendo e ontem a equipe contava com três profissionais. No que se refere a lentidão, Renata afirma que a informação não procede, e lembra que além dos pacientes que aguardam por consulta médica na recepção, os profissionais precisam também reavaliar aquelas pessoas que estão em observação, e no caso de ontem, eram mais de 20 pessoas nessa situação. Além disso, esses mesmos médicos também precisam receber os pacientes que chegam através do SAMU.

Fonte: Rádio Progresso
error: Conteúdo protegido!