Busca rápidaX


“A CPI não tem poder de interferência na realização da Expofest” afirma presidente da CPI que investiga feira

9 de abril de 2024

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a realização da Expofest Ijuí edições 2022 e 2023, vereador César Busnello, relembrou, em entrevista à Rádio Progresso, os motivos da criação da comissão e o andamento dos trabalhos de investigação. Segundo ele, a CPI foi criada, justamente, para possibilitar que haja uma maior transparência e que a comunidade fique sabendo de todo procedimento de contratações, negociações com fornecedores, expositores, montante repassado às casas étnicas, por exemplo.

O vereador lembrou que existe uma prestação de contas ao final de cada evento, mas que a mesma não traz todos os detalhes nem informações precisas sobre onde são investidos os recursos públicos, e citou que a feira recebe verbas do município, estado e união para viabilizar sua realização.

Além disso, o presidente da CPI foi enfático ao afirmar que a comissão não tem nenhum poder de interferência na realização da feira, citando que se por ventura for identificada alguma irregularidade, a decisão sobre o que fazer cabe ao Ministério Público.

Ouça abaixo a entrevista completa: 

Fonte: RPI