Busca rápidaX


Área agrícola de Ijuí soma mais de R$ 60 milhões em prejuízo devido a recentes temporais

18 de novembro de 2023

Levantamento da Emater sobre prejuízos na área agrícola de Ijuí, visto os temporais de quarta-feira à noite até ontem, apontam perdas que somam 12 milhões e 900 mil reais. Os estragos foram causados por excesso de chuva, granizo e vendaval.

As informações são de danos que aconteceram numa faixa na região sul do interior ijuiense, principalmente distritos de Barreiro, Alto da União e Esquina Heidmann, além das comunidades de Parador e Linha 7 Leste, especialmente na noite de quarta-feira, e no distrito de Mauá, no início da manhã de ontem. Na região de Mauá, área norte de Ijuí, por exemplo, uma propriedade teve grandes danos com vendaval na localidade de Capão Bonito.

No milho a estimativa é de perdas em 100 hectares, total de 500 mil reais; soja, em torno de mil hectares atingidos, com 3 milhões de reais de prejuízo; frutas, entre melão, melancia, uva e morango, cinco hectares e 200 mil de quebra; culturas de inverno, 100 hectares, 400 mil de perdas; ainda olerícolas cultivadas a céu aberto, 10 hectares atingidos, o que significa prejuízo de 500 mil. Com isso, só em culturas o estrago fica em 4 milhões e 600 mil reais.

Além disso, as fortes intempéries das últimas horas em Ijuí atingiram cerca de 100 residências, com estragos estimados em 3 milhões de reais. Também danos em 50 galpões, ou seja, um milhão de reais; ainda em torno de 100 móveis e eletrodomésticos danificados, acumulo de 300 mil; além de aproximadamente 100 estufas plásticas, nesse caso, perdas de um milhão de reais.

Somam-se a esses números em Ijuí, cinco máquinas agrícolas danificadas, com montante de 2 milhões de reais em estragos, também 100 mil quilos entre sementes e insumos depositados em galpões, o que representa perdas de um milhão de reais. Esse laudo da Emater, em Ijuí, serve de subsídio para o decreto de emergência da prefeitura, em razão dos problemas climáticos. Na semana passada, dia 8, o escritório local da Emater em Ijuí publicou outro levantamento, visto prejuízos causados pelas chuvas entre primeiro de setembro deste ano até 3 deste mês.

No mencionado período houve 800 milímetros de chuva e danos estimados em 47 milhões, 337 mil reais. A maior perda foi no trigo, com 33 milhões, 988 mil reais. Ainda teve quebra de 8 milhões de reais no leite, quase dois milhões na aveia, também 2 milhões e 400 mil reais nas olerícolas em geral, dentre outros prejuízos. Portanto, desde primeiro de setembro, a estimativa de perdas na área rural ijuiense supera 60 milhões e 200 mil reais.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí