Busca rápidaX

Defesa Civil do RS contabiliza 65 municípios com prejuízos por temporal

30 de abril de 2024

Até as 8h da manhã dessa terça-feira, (30/4), 65 municípios haviam reportado à Defesa Civil do Rio Grande do Sul algum tipo de dano ou ocorrência decorrente das chuvas intensas. Ocorreram também vendavais, descargas elétricas, movimentos de massa, queda de granizo, alagamentos em áreas urbanas e transbordamento de córregos, arroios e rios em diversos municípios e, ainda, interrupções de estradas em razão de queda de barreiras e outros danos.

Foi registrado um óbito na cidade de Paverama de um homem de 69 anos. Segundo as informações recebidas até o momento, ele tentava atravessar, de carro, uma área alagada e o veículo teria sido arrastado pela força da correnteza. Havia outro ocupante no veículo, um homem de 65 anos, que está desaparecido. Buscas seguem sendo realizadas pelas forças de resposta na região.

No Estado, há 127 pessoas em abrigos públicos e outras 107 desalojadas (que saíram de casa e procuraram abrigo em casas de parentes e amigos). As equipes da Defesa Civil do Estado seguem apoiando as Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil nos municípios afetados.

No município de Júlio de Castilhos, o temporal registrado por volta das 2 horas e 30 minutos de hoje derrubou um silo de uma cerealista e arrastou materiais por cerca de 100 metros até a BR 158, o que interditou a rodovia. Porém, o local já foi desobstruído. No município ainda houve outros transtornos, com destelhamentos de algumas casas, quedas de árvores e postes de energia elétrica. Tupanciretã também constatou estragos

Orientações

É importante que a população adote medidas preventivas como permanecer em casa, se puder, evitar atravessar áreas alagadas ou inundadas e procurar prestar auxílio a pessoas vulneráveis (idosos, pessoas doentes ou com dificuldade de mobilidade).

Se você mora em áreas consideradas de risco, deve procurar a Defesa Civil da sua cidade para saber quais as medidas devem ser adotadas para garantir a sua segurança e de sua família. Em caso de emergência, ligue para a Brigada Militar no telefone 190, ou o Corpo de Bombeiros Militar, no 193.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Defesa Civil. Fotos de alcir61.net, em Júlio de Castilhos