Busca rápidaX

El Niño deverá entrar em neutralidade no outono e La Ninã poderá voltar até começo da primavera

20 de março de 2024
Condição do tempo nesta tarde em Ijuí

Esta quarta-feira marca, oficialmente a transição de estação climática, pois aos seis minutos da madrugada de hoje começou o outono, consequentemente, terminou o verão. O outono vai seguir até 21 de junho e, segundo a meteorologista da RPI, Camila Cardoso, começa com a influência do fenômeno El Niño, que provoca chuvas, assim como foi nos últimos meses, pois o oceano pacífico ainda está aquecido.

Existe tendência de rápido enfraquecimento do El Niño e o fenômeno climático deverá entrar em neutralidade durante o outono. Com isso, outros moduladores climáticos poderão ser verificados. No entanto, a possibilidade de retorno da La Ninã é incerta, visto que isso depende de mudança da massa oceânica e a interação com a atmosfera. Diante disso, o outono inicia com temperaturas elevadas, mas em direção a maio a região de Ijuí vai perceber massas de ar frio com maior frequência e redução de temperaturas. Porém, esses frios não serão muito duradouros.

A possibilidade é que as temperaturas mais baixas se intensifiquem próximo ao começo do inverno. Além disso, o outono começa com chuvas acima da média. Inclusive, de hoje à noite até amanhã pela manhã existe previsão de bastante acumulado de precipitação climática, além de ventos. Após, durante o dia de amanhã a temperatura deverá ter queda.

Camila Cardoso observa que as massas de ar frio serão pouca duradouras até final de abril. As chuvas deverão ser de regularidade, porém, intercaladas com períodos de estabilidade, o que vai ajudar para colheita da soja.

Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, a meteorologista Camila também destacou que, no momento, a previsão indica inverno não muito rigoroso em termos de temperaturas baixas em Ijuí e região, ou seja, temperaturas mais amenas.

Porém, como é normal, haverá formação de geadas e o frio se prolongar até setembro. Outra informação repassada pela meteorologista é que o fenômeno La Ninã, que provoca redução de chuvas, poderá chegar até o começo da primavera.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí