Busca rápidaX


MANCHETES

Em entrevista à RPI, economista-chefe da Farsul critica queda nos recursos controlados no Plano Safra 2024/25

10 de julho de 2024

O economista-chefe da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Antonio da Luz, criticou a queda nos recursos controlados no Plano Safra 2024/25 em comparação com a temporada anterior, considerando a inflação do período. O plano foi anunciado no último dia 03 pelo Governo Federal. Conforme lembrou em entrevista à Rádio Progresso nessa quarta-feira (10), do total de recursos destinados ao crédito rural para a agricultura empresarial, R$ 211,5 bilhões serão emprestados com taxas de mercado e R$ 189,09 bilhões serão liberados com juros controlados. Na safra passada, recursos livres somavam R$ 177,80 bilhões e os controlados, R$ 186,42 bilhões.

Ao avaliar o Plano Safra, o economista criticou a queda nos recursos diante do que foi anunciado:
“na realidade o que nós vimos foi que os recursos disponibilizados ficaram abaixo que havia sido divulgado. Na prática, uma parte importante dos recursos, e estamos falando de 15%, não foi disponibilizado” afirma o economista.

Antonio da Luz também detalhou a origem dos recursos, detalhando que a verba não sai do caixa do governo: “quando as pessoas ouvem falar na liberação de recursos num montante de R$ 400 bilhões, muitos entendem que esse é um valor liberado pelo governo, que o governo está tirando a verba do seu caixa, deixando de investir em outras áreas, mas é importante deixar claro que esse montante disponibilizado não é do governo, e sim dos bancos e das cooperativas de crédito, são eles que financiam o agro, o que o governo faz é subvencionar os juros em algumas linhas” afirma. 

Na mesma entrevista, Antonio da Luz elogiou a iniciativa de diferenciação do seguro agrícola para o Rio Grande do Sul, já que R$ 210,9 milhões do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) serão destinados em recursos extras para os produtores gaúchos, afetados pelas enchentes de maio. 

A entrevista completa está disponível no link abaixo: 

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí