Busca rápidaX


Monitoramento indica antecipação da ferrugem asiática na soja em Ijuí e região

29 de novembro de 2023

Além do atraso no plantio da soja, problemas na germinação e prejuízos, visto o excesso de chuva e temporais, agricultores de Ijuí e região convivem com outro problema nesta safra: a ferrugem asiática de forma antecipada.

Durante participação hoje pela manhã no quadro da Emater, no programa O Assunto É da Rádio Progresso, o agrônomo, Edewin Bernich (foto), alertou que o ponto de monitoramento da doença, em Ijuí, constatou aumento muito grande da ferrugem asiática nesses últimos dias, ou seja, entre a quarta e quinta semana de avaliação.

Bernich pede que os produtores cuidem as áreas plantadas de soja de forma recorrente, pois neste ano a ferrugem asiática está presente nas lavouras mesmo antes do cultivo da oleaginosa, o que em safras anteriores não ocorria. Isso se dá por conta da alta quantidade de umidade, devido às intensas chuvas e temperaturas altas.

A doença estava em plantas voluntárias, que agora se transfere para a soja após o nascimento. O agrônomo da Emater observa que se começar colocação de fungicida já neste início de desenvolvimento da soja, serão necessárias de cinco a seis aplicações, dependendo da resistência de cada cultivar. 

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí