Busca rápidaX

MANCHETES

Prefeito de Frederico Westphalen defende união da região e busca de recursos externos para ferrovia Norte Sul

2 de agosto de 2022
Representantes de Frederico Westphalen, Palmeira das Missões e Panambi participaram de reunião em Brasília

A implantação da ferrovia Norte-Sul volta a ser debatida na região. Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o prefeito de Frederico Westphalen e presidente da Associação de Municípios da Zona da Produção, José Alberto Panosso, disse que semana passada esteve em Brasília, onde houve encontro no Ministério da Infraestrutura e com a Valec, empresa pública que administra ferrovias brasileiras. Também participaram o prefeito de Palmeira das Missões, Evandro Massing e o secretário de Desenvolvimento de Panambi, Rafael Jaques de Oliveira.

O objetivo é que seja mantido o traçado original da ferrovia, conforme projeto já estabelecido. Segundo Panosso, o investimento em ferrovia é fundamental, até porque outros países também ampliam o serviço de trens. Ele observa que esse sistema é fundamental para ajudar no escoamento da produção, visto o esgotamento de rodovias que têm muitos caminhões, portanto, trânsito intenso.

O prefeito de Frederico Westphalen comentou que o EVTE -Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Comercial da ferrovia Norte Sul no Rio Grande do Sul já foi aprovado. O projeto estabelece que essa ferrovia siga de Chapecó, Santa Catarina, passe por Frederico Westphalen, Seberi, Palmeira das Missões, Panambi, Ijuí, Cruz Alta, até o porto de Rio Grande.

José Alberto Panosso defende um grande movimento, entre a área política, ou seja, deputados, senadores, prefeituras, câmaras de vereadores, além de empresários e universidades para reforçar o trabalho a fim de que a região Norte gaúcha tenha a ferrovia. Enfatizou que vai ser necessário apoio de recursos financeiros privados para a construção.

Sexta-feira os 43 municípios da Amzop se reunirão e em breve Panosso quer promover encontro com lideranças de outros municípios, por exemplo, Ijuí, Cruz Alta e Panambi. José Alberto Panosso ainda em entrevista na Progresso nesta manhã, frisou que uma comitiva da região poderá viajar para a China a fim de buscar apoio empresarial para a ferrovia Norte Sul. Os chineses possuem investimentos avançados nessa área.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!