Busca rápidaX


MANCHETES

Recursos para ligação asfáltica na região de Jóia poderão ser incluídos no orçamento estadual de 2024

25 de maio de 2023

Uma nova ligação asfáltica começa a ser projetada na região. Trata-se do asfaltamento entre Eugênio de Castro e Jóia ou Eugênio de Castro e Augusto Pestana. Ontem foi dado o primeiro passo, durante reunião, no Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem, em Porto Alegre, entre os prefeitos de Jóia, Adriano Marangon de Lima, e de Eugênio de Castro, Jaime Zweigle. Houve entrega de ofício para o secretário estadual de Transportes e Logística, Juvir Costela, com a intenção das prefeituras serem parceiras.

Segundo Adriano Marangon de Lima, uma das ideias é asfaltar o trecho de 10 quilômetros da estrada entre Eugênio de Castro e a comunidade de Cará, em Jóia, ou seja, até a ERS 522. Nesse caso, é necessário reestruturar as duas já existentes. Também existe possibilidade de pavimentar o percurso de outro traçado, de 7 quilômetros e meio, porém, nesse caso é obrigatório construção de uma nova ponte, o que encarece o projeto. A outra sugestão é a pavimentação asfáltica de aproximadamente 13 quilômetros da cidade de Eugênio de Castro até a ERS 522, localidade de Ijuizinho, em Augusto Pestana, com isso, sem precisar de pontes.

O prefeito de Jóia frisa que na próxima quarta-feira deverá ocorrer encontro na superintendência do DAER, em Cruz Alta, para debater qual o melhor traçado, além de outros aspectos técnicos, inclusive levantamento de orçamento necessário para as obras. Além disso, as Câmaras de Vereadores desses municípios e a Assembleia Legislativa terão que aprovar projetos para passar o trecho a ser asfaltado como rodovia ao Estado.

O secretário Costela ressaltou que se o projeto técnico for feito ainda este ano é possível que o investimento seja incluído no orçamento do governo gaúcho de 2024. As prefeituras de Jóia, Augusto Pestana e Eugênio de Castro se comprometem em bancar os recursos para o projeto técnico, que pode variar entre 315 mil a cerca de 430 mil reais, dependendo se for num trajeto com ou sem ponte.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí