Busca rápidaX

MANCHETES

São Luiz Gonzaga publica decreto de emergência em decorrência da estiagem

11 de janeiro de 2022

Após a análise de informações enviadas por entidades e empresas do município, e o parecer favorável da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, a Prefeitura de São Luiz Gonzaga publicou na manhã de terça-feira (11), o decreto nº 6.505, o qual declara situação de emergência nas áreas do município.
Conforme o levantamento realizado pela Emater/RS e grupo técnico das entidades agropecuárias, os danos causados pela estiagem desde agosto de 2021 até janeiro de 2022, causaram um prejuízo estimado de R$ 292.691.064,00 (em atividades como trigo, milho irrigado, milho sequeiro, canola, soja, bovinos de leite, bovinos de corte, alfafa, milho silagem e hortaliças). O relatório também estima perdas de 60% na produção de culturas de subsistência (autoconsumo), as quais têm se agravando sem a ocorrência de chuvas.
A estiagem também afeta o abastecimento de água em bairros da cidade e localidades no interior do município. Associado ao aumento no consumo, tem resultado na oscilação do abastecimento e também na necessidade de substituição de equipamentos, como bombas de água. O decreto nº 6.505/2022 está disponível na íntegra por meio do link https://www.saoluizgonzaga.rs.gov.br/site/leis/87195-decl e tem validade de 180 dias (a contar de 11 de janeiro).
O prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, comentou sobre a publicação. “O decreto declara situação de emergência tanto na área urbana quanto na área rural de São Luiz Gonzaga. Infelizmente, passamos por um momento muito delicado e a estiagem atinge todos os moradores do nosso município. Essa situação traz enormes prejuízos aos nossos produtores e criadores, tanto das pequenas propriedades, como das médias e grandes. Na cidade, a estiagem afeta diretamente no abastecimento de água, que é a coisa mais importante para a nossa vida. Nem todos nós vamos sentir a estiagem em curto prazo, mas todos nós iremos sentir seus reflexos a longo prazo. Precisamos alertar o Governo do Estado, o Governo Federal, que nosso município vai precisar de um tratamento especial em relação a nossas lavouras, nossa pecuária, nossa água, nossa comunidade e tudo que envolve a estiagem”.
Com a publicação, os dados levantados serão encaminhados para a Defesa Civil do Estado. O Governo do Rio Grande do Sul precisa reconhecer o decreto de situação de emergência em São Luiz Gonzaga. Após, o decreto será enviado para homologação em âmbito federal. “Somente após esse reconhecimento, teremos uma situação de emergência com todos os tratamentos para os municípios que estão nessa difícil situação. Estamos decretando por 180 dias e esperamos que nesse período, se Deus quiser, a gente consiga chuvas abundantes para recuperar essa questão hídrica. Vamos aguardar a comprovação e aí sim aguardar as medidas que o Governo do Estado, o Governo Federal e o próprio município poderão adotar”, destacou o chefe do Executivo Municipal.
Fonte: Radio Progresso de Ijuí e prefeitura
error: Conteúdo protegido!