Busca rápidaX


Condor será reconhecido como primeiro município gaúcho com APL Sementeiro

14 de maio de 2024

Condor vai ser reconhecido pelo governo gaúcho como o município que possui o primeiro Arranjo Produtivo Local – APL – Sementeiro do Rio Grande do Sul. Segundo o prefeito, Valmir Land, o projeto já está em legislação estadual, porém falta assinatura do ato, que estava marcada para ocorrer nesta semana, durante a Condor Fest, mas foi adiada, visto que o vice-governador, Gabriel Souza, que estaria no município, precisa atender situações das enchentes no Estado.

Durante entrevista nesta manhã na RPI, Valmir Land destacou que o destaque de Condor como APL Sementeiro se deve às seis empresas sementeiras do município, que produzem sementes certificadas de soja, trigo, aveia, cevada, dentre outras.

Em termos de soja, são comercializadas sementes para cerca de 10 a 11 Estados do Brasil, além de países do Mercosul. Aliás, Land enfatizou que as indústrias sementeiras de Condor movimentam bastante a economia do município. Também por isso, Condor é conhecido como a Terra da Boa Semente.

Hoje, o município completa 58 anos de emancipação. Porém, o feriado desta terça-feira foi transferido para sexta-feira. De amanhã à noite até domingo, haverá a Condor Fest, na praça Pedro Gärtner, com acesso gratuito. Além da participação de empresas do comércio, indústria e alimentação, haverá shows, por exemplo, com as bandas Corpo e Alma, San Francisco, San Marino, Danúbio Azul e Indústria Musical.

O prefeito observou que mesmo com as enxurradas ou efeitos das enchentes que ainda assolam grande parte do Rio Grande do Sul, o município decidiu manter a Condor Fest até para ser um momento de discutir o auxílio para esses atingidos. Valmir Land comentou que durante o evento vai lançar um movimento para que a Amuplam – Associação dos Municípios do Planalto Médio – adote a região do Vale do Taquari para apoiar na reconstrução.

Municípios do Vale do Taquari foram atingidos por enxurradas no segundo semestre do ano passado e, agora, novamente. Ainda sobre repercussão desses últimos temporais, Land disse que a perspectiva é que Condor tenha perda de mais de 4 milhões de reais no retorno de ICMS. Somente nas lavouras, a Emater estima que as recentes chuvas deixaram prejuízos de 23 milhões de reais em Condor.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí