Busca rápidaX


“Guaíba possivelmente irá ultrapassar os níveis da cheia da semana passada”, afirma Governo Estadual

14 de maio de 2024
Foto: Gustavo Mansur/Palácio do Piratini.

De acordo com o último boletim de Monitoramento Hidrológico, divulgado pelo Governo do Estado na manhã desta terça-feira (14), o nível do Guaíba poderá superar a marca histórica de 5,33 metros, atingida no último dia 6. As informações são da Sala de Situação Sema (Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura) e da Defesa Civil estadual.

Apesar do Rio Grande do Sul não ter registrado chuvas significativas nas últimas 24 horas, está ocorrendo a propagação das cheias na Região Hidrográfica do Guaíba. O rio Jacuí apresenta um pequeno repique de cheia entre Dona Francisca e Rio Pardo. Enquanto isso, os rios Taquari e Caí estão mostrando uma diminuição em seus níveis ao longo de seus percursos. Por outro lado, o rio dos Sinos está em elevação, e o rio Gravataí está seguindo o padrão do Guaíba.

“O nível do Guaíba mostrou estabilidade nas últimas duas horas, porém é esperado que volte a subir ao longo do dia devido à chegada do pico da cheia do Taquari. Isso significa que o Guaíba possivelmente irá ultrapassar os níveis da cheia da semana passada”, afirmou o Governo Estadual.

Na manhã desta terça-feira, às 8h, o nível do Guaíba já estava em 5,20 metros, conforme a régua da Sema e Agência Nacional de Águas (ANA). Projeções feitas pela Defesa Civil, pelo Governo do Estado e por especialistas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), apontam que o nível do rio pode chegar a marca de 5,5 a 5,6 metros.

Já a Lagoa dos Patos continua com níveis elevados, mas é observado um comportamento de estabilidade, com tendência de declínio lento dependendo da região.