Busca rápidaX

Municípios da Amuplam deverão perder mais de R$ 57 milhões em retorno de ICMS devido às enchentes

15 de maio de 2024
Ponte do Rio Ijuizinho em direção a Joia pela ERS-522 seguirá bloqueada (Foto: AI Augusto Pestana/Reprodução)

As recentes chuvas e atuais enchentes que assolam o Rio Grande do Sul vão repercutir em queda de dinheiro aos municípios, referente ao retorno de ICMS. É o que indica levantamento da Federação das Associações de Municípios do Estado.

A estimativa inicial de retorno de ICMS, para todos os 497 municípios gaúchos, para este ano, era de 11 bilhões, 673 milhões, 650 mil reais. Em função dos estragos causados em diferentes segmentos do Rio Grande do Sul pelas enxurradas, por exemplo, danos na agricultura, empresas, dentre outras áreas, o valor esperado caiu para 8 bilhões, 755 milhões, 237 mil reais. Isso porque, ocorre redução na produção de diversos segmentos.

Dentre os 11 municípios da Associação dos Municípios do Planalto Médio, a redução de retorno de ICMS deverá ficar em 59 milhões, 763 mil reais. O município mais afetado da Amuplam é Ijuí, com perspectiva de queda de 18 milhões, 707 mil reais. Os demais municípios variam de diminuição de um milhão, 578 mil reais, caso de Bozano, a 12 milhões, 924 mil reais, nessa última situação, o município de Panambi.

Confira estimativa de queda de retorno de ICMS dentre os 11 municípios da Amuplam

Confira estimativa de queda de retorno de ICMS dentre todos os municípios do RS

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí