Busca rápidaX

MANCHETES

Preso investigado pelo MPRS por monitorar e ameaçar ex-companheira é alvo de operação dentro de presídio

19 de junho de 2024

Um apenado do Presídio Regional de Santo Ângelo foi alvo de uma operação nesta terça-feira, dia 18 de junho, porque está sendo investigado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) por ameaçar sua ex-companheira no município de Guarani das Missões.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na cela dele por policiais civis e penais. Outra ordem judicial foi cumprida na casa da vítima porque ela estava sendo monitorada pelo investigado por câmeras de segurança.

A promotora de Justiça Anita Spies da Cunha, da Comarca de Guarani das Missões e responsável pela ação, diz que foram apreendidos seis celulares, usados para fazer as ameaças e também o monitoramento, além de porções de cocaína, crack e outros materiais que servirão como provas para a investigação.

O preso também é réu em outras duas ações penais por ter sido denunciado como mandante de dois homicídios, além de ser apontado como chefe do tráfico na região.

“Após tomar conhecimento pela rede de proteção de que uma mulher estava sendo ameaçada pelo ex-companheiro preso, o MPRS pediu de ofício (sem pedido da vítima) medida protetiva urgente em favor dela, proibindo o agressor de contatá-la, além do mandado de busca e apreensão que foi cumprido na cela dele. Mesmo após a medida protetiva, novos fatos envolvendo a vítima chegaram ao nosso conhecimento, por isso, em tempo, foi pedido outro mandado de busca para a casa dela, já que o apenado estaria vigiando a ex-companheira por meio de câmeras que monitorava em tempo real de dentro do presídio”, diz a promotora de Justiça Anita Spies da Cunha.

Fonte: RPI de MPRS - Foto: MPRS