Busca rápidaX


Seis feridos no incêndio em pousada de Porto Alegre continuam internados

28 de abril de 2024

Seis pessoas feridas no incêndio na pousada de Porto Alegre permanecem internadas em hospitais da capital neste domingo (28). Um paciente está em estado grave. Além disso, das 10 vítimas do incêndio, cinco já foram identificadas e sepultadas e outras cinco aguardam identificação.

O incêndio iniciou na madrugada de sexta-feira (26) em uma pousada no bairro Floresta, em Porto Alegre. A edificação onde funcionava o estabelecimento estava em situação irregular por não ter o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) do Corpo de Bombeiros para funcionamento como hospedaria. O incêndio deixou 10 mortos e 15 feridos.

Das seis vítimas que permanecem internadas, quatro estão no Hospital de Pronto Socorro (HPS). O quadro de um dos pacientes é considerado grave e de outros três, estável. Há também um homem ferido no Hospital Cristo Redentor, com queimaduras pelo corpo, e outro no Hospital Santa Ana.

Cinco mortos no incêndio ainda não foram identificados. O Departamento Médico Legal (DML) tentará fazer isso por meio de exame de DNA ou de arcada dentária. Dos cinco identificados, quatro foram enterrados neste sábado (27) pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Os sepultamentos contaram com a presença de servidores da prefeitura, sobretudo da área de assistência social. Outro identificado foi liberado para familiares realizarem o sepultamento.

A Prefeitura anunciou ainda que vai começar a vistoriar, a partir desta segunda-feira (29), os 23 espaços na cidade onde há vagas para acolhimento a pessoas em situação de vulnerabilidade. Todos os locais pertencem à mesma empresa responsável pela pousada onde ocorreu o incêndio e oferecem, ao todo, 400 vagas. A Força-Tarefa pretende avaliar a estrutura e verificar as condições dos espaços.

Fonte: GZH