Busca rápidaX

MANCHETES

Sobe para 161 o número de óbitos devido às enchentes no RS

21 de maio de 2024

O número de mortes pelas enchentes no Rio Grande do Sul subiu para 161, conforme o mais recente boletim da Defesa Civil estadual, divulgado às 9 horas desta terça-feira, 21. O aumento é de quatro óbitos em relação aos dados de ontem. 

  • Municípios afetados: 464
    (Affected cities)
  • Pessoas em abrigos: 72.561
    (Sheltered population)
  • Desalojados: 581.633
    (Displaced population)
  • Afetados: 2.339.508
    (Affected population)
  • Feridos: 806
    (Injured people)
  • Desaparecidos: 85
    (Missing people)
  • Óbitos confirmados: 161
    (Confirmed deaths)
  • Óbitos em investigação*: 0
    (Deaths under investigation*)

  • Pessoas resgatadas: 82.666
    (Rescued people)

  • Animais resgatados: 12.358
    (Rescued animals)

  • Efetivo: 27.708
    (State staff)

  • Viaturas: 4.058
    (Vehicles)

  • Aeronaves: 21
    (Aircraft)

  • Embarcações: 271
    (Vessels) 
  • Óbitos e desaparecidos

Alertas

Para aumentar o nível de prevenção, as pessoas podem se cadastrar para receberem os alertas meteorológicos da Defesa Civil estadual. Para isso, é necessário enviar o CEP da localidade por SMS para o número 40199. Em seguida, uma confirmação é enviada, tornando o número disponível para receber as informações sempre que elas forem divulgadas.

Também é possível se cadastrar via aplicativo Whatsapp. Para ter acesso ao serviço, é necessário se registrar pelo telefone (61) 2034-4611 ou clicando aqui. Em seguida, é preciso interagir com o robô de atendimento enviando um simples “Oi”. Após a primeira interação, o usuário pode compartilhar sua localização atual ou qualquer outra do seu interesse para, dessa forma, receber as mensagens que serão encaminhadas pela Defesa Civil estadual.

Ontem, foi confirmada a primeira morte por leptospirose, devido às enchentes que atingem o Rio Grande do Sul. A vítima é um homem, de 67 anos, que residia no município de Travesseiro, no Vale do Taquari. Ele faleceu na última sexta-feira no Hospital Bruno Born, em Lajeado. A leptospirose é transmitida, especialmente, pela urina de rato. 

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e governo RS