Busca rápidaX

MANCHETES

Usuários do SUS de Ijuí reclamam de falta de informações e não atendimento adequado

21 de março de 2024
Uma das reclamações é o não informe sobre alterações nas áreas de abrangência das Unidades Básicas de Saúde (Foto: Arquivo)

Usuários do Sistema Único de Saúde de Ijuí tem buscado a reportagem da RPI para relatar situações de não atendimento ou de mudanças nas rotinas e organizações das unidades, que causam transtornos e atrasos no atendimento médico.

Num dos casos, conforme relatado pelos usuários, houve mudanças nas áreas de abrangência das UBSs, sem que a informação fosse repassada ou comunicada. “Busquei atendimento médico na manhã desta quinta-feira, 21, e fui no posto de saúde central, lugar onde era minha referência há mais de 15 anos, desde que resido em Ijuí. Mas, ao chegar no local, além de não ter sido informada corretamente, tive que conversar com várias profissionais até ser informada que minha UBS de referência havia mudado para a do bairro Assis Brasil. Em nenhum momento fui informada dessa mudança e no mapa que foi me mostrado, meu local de moradia fica na rua que limita as áreas. Então, sem atendimento, tive que me deslocar sob chuva do posto central até a UBS no bairro Assis Brasil. Mas, ao chegar na UBS, fui informada que não havia médico e que teria que procurar a UPA. Sempre falam que é para priorizar a busca de atendimento nos postos de saúde, mas quando vamos, não somos atendidas”, conta a paciente que prefere não se identificar para evitar represálias.

Outros usuários também relatam que na UPA, recentemente, houve mudança na área de espera da unidade. “O espaço foi concentrado na parte à esquerda na entrada principal da unidade para quem chega na UPA e a área onde tradicionalmente se aguardava, praticamente vazia, fica com portas fechadas e onde alguns poucos esperam atendimento médico após a triagem. Foi uma mudança que considero não adequada, pois reduziu o espaço de espera e não vejo como uma boa ideia agrupar pessoas que estejam aguardando atendimento com diversos sintomas de doenças, inclusive transmissíveis, estarem ainda mais próximas do que já ficavam”, conta um dos usuários ouvidos pela reportagem, mas que também optou pelo anonimato. O relato foi corroborado por outros pacientes que estavam na unidade aguardando atendimento nesta quinta-feira.

A reportagem da RPI buscou contato com a Prefeitura de Ijuí, mas não obteve retorno até a publicação desta notícia.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí