Busca rápidaX

CEVS monitora leitos de hospitais no RS em razão da epidemia de dengue

26 de fevereiro de 2024

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde, da secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, monitora todas as regiões gaúchas para controle e combate da dengue. As áreas mais preocupantes são Celeiro e Norte. Tenente Portela tem o maior número de casos da doença dentre todos os municípios do Estado. O mais recente balanço aponta 2.056 infectados pela patologia neste ano. Além disso, Tenente Portela contabiliza três óbitos por dengue.

Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o diretor adjunto do Centro Estadual de Vigilância em Saúde, Marcelo Valandro, disse que ocorrem reuniões regionalizadas para debater questões específicas da dengue. Comentou do foco em atuar no combate ao vetor da doença, ou seja, o mosquito Aedes aegypti, e reforçar as redes de atendimento à população.

Frisou a importância da detecção precoce da doença e tratamento na rede básica para evitar internações hospitalares. Mesmo assim, Valandro observou desde o começo deste mês há verificação para avaliar os leitos disponíveis em hospitais, tanto clínicos como de UTI. Na mesma entrevista na Progresso, o diretor adjunto do Centro Estadual de Vigilância em Saúde alertou que no momento o objetivo central é na eliminação dos focos do inseto. Para isso, é fundamental a participação dos moradores em evitar água parada.

Semana passada, uma força-tarefa da secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul esteve nas regiões Celeiro e Norte. Marcelo Valandro comentou que em Tenente Portela e municípios vizinhos, uma das medidas solicitadas foi o esvaziamento de caixas de água que retém água das chuvas, pois é tradição essa medida na região.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí