Busca rápidaX


MANCHETES

Palestra na escola 06 de Agosto, em Ijuí, marca abertura do Projeto Água Viva 2024 da Ceriluz

5 de junho de 2024

Abrindo a Semana do Meio Ambiente da Ceriluz, aconteceu na tarde de segunda-feira, 03 de junho, o início do Projeto Água Viva 2024, a partir de uma palestra realizada na Escola Estadual de Ensino Fundamental 06 de Agosto, na Linha 06 Norte, em Ijuí. O Projeto Água Viva – uma iniciativa da Ceriluz em parceria com a Unijuí – foca na preservação de nascentes através de ações de recuperação e na educação ambiental de crianças e jovens de escolas da região. A iniciativa, que contou com uma palestra com a engenheira química e mestra em Sustentabilidade Ambiental, Márcia Sostmeyer Jung, foi a primeira de uma série de ações que irão contemplar alunos de outras cinco escolas dos municípios de Ijuí e Catuípe.

Consideramos este um projeto completo, onde os participantes irão compreender os diversos usos da água, o seu ciclo, a aprenderão como preservá-la”, comenta Romeu Ângelo de Jesus, coordenador do projeto. “Percebemos que as crianças já têm algum conhecimento a partir do trabalho elaborado pelas escolas e queremos enriquecer esse conhecimento com o nosso trabalho, a partir das pesquisas realizadas nas nascentes que já estamos preservando”, acrescenta. A Escola 06 de Agosto já vem engajada nesse desafio da preservação ambiental, através do seu Projeto Criando Habitats Sustentáveis na Escola do Campo, que inclui a adoção e preservação de duas nascentes na comunidade. “As escolas do interior precisam se voltar a realidade do campo e aos assuntos que interessam as pessoas que ali residem e nada mais justo do que iniciar esse trabalho pela preservação das nascentes, que garante toda a vida no planeta”, afirma a diretora da escola, Rosane Marchioro. “Esse projeto da Ceriluz veio se encaixar perfeitamente no nosso projeto da escola, onde já foi feito o levantamento das nascentes nas propriedades dos nossos alunos e dois pais já permitiram a conservação das nascentes”, salienta. Este projeto, inclusive, foi escolhido para representar a 36 Coordenadoria Regional de Educação (CRE) na Expointer 2024.

Além da Escola 06 de Agosto, participarão professores e alunos do 4º ao 9º ano do ensino fundamental das escolas Euzébio de Queiroz, de Passo Burmann; Marcelino Champagnat, de Colônia das Almas, ambas de Catuípe; da Escola Santana, do Distrito de Santana; 24 de Fevereiro, de Chorão; e Joaquim Nabuco, da Vila Mauá, estas de Ijuí. As atividades se estenderão ao longo do segundo semestre e, além da palestra teórica, os estudantes terão ainda a oportunidade de conhecer uma nascente já preservada, culminando com uma visita orientada à PCH Ijuí Centenária, onde irão conhecer a infraestrutura de geração de energia e os cuidados ambientais implantados; o acervo histórico do moinho da Família Wazlawick; e participar de oficinas práticas de conservação de nascentes e identificação da fauna desses microambientes.

O projeto iniciou em 2021, quando a Ceriluz reuniu uma rede de associados da cooperativa e promoveu ações de recuperação e proteção de oito nascentes, a partir do plantio de mais de 10,8 mil mudas nativas em Áreas de Preservação Permanentes (APPs). Estas nascentes foram fonte do estudo realizado por estudantes da Unijuí cujos resultados são compartilhados com os alunos das escolas.

 

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Ceriluz