Busca rápidaX

MANCHETES

Progresso Rural: Aumento de casos de raiva em animais deixa região em alerta

20 de junho de 2022

O Rio Grande do Sul registra aumento de casos de raiva herbívora em animais, especialmente em bovinos. O mais recente levantamento aponta 39 focos da doença em 20 municípios, entre janeiro e início deste mês. Em todo o ano de 2021, foram 48 focos em 21 municípios. 

Diante disso, a secretaria estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural orienta os produtores rurais a vacinar ou revacinar os rebanhos. Em 2022 há casos de raiva em animais, por exemplo, nos municípios de Bossoroca, Caiçara, Itacurubi, Santiago, Santo Antônio das Missões, São Borja e São Sepé

O coordenador do Programa de Controle de Raiva Herbívora da secretaria da Agricultura, Wilson Hoffmeister, ressalta que geralmente a doença aumenta em períodos frios, portanto, se espera acréscimo de casos agora no inverno. A raiva é transmitia por morcegos hematófagos, ou seja, que se alimentam de sangue e pode causar a morte dos animais.

Wilson Hoffmeister pede que os agricultores informem a Inspetoria Veterinária mais próxima, caso constatem mordedura em animais ou que estejam doentes, além da localização de furnas de morcegos, que geralmente vivem em matas. Não é recomendado que as pessoas façam a captura dos morcegos por conta própria. Além de bovinos, a raiva herbívora também pode ocorrer em equinos e, em menor grau, ovinos e outros animais. Nesse ano, já foram localizados morcegos hematófagos na região de Ijuí, mas não estavam contaminados com a doença.

Ontem pela manhã, 19, Hoffmeister ampliou o tema numa entrevista no programa Progresso Rural da RPI. Também falou sobre as formas de vacinação. Segundo ele, o aumento de casos de raiva herbívora registrado nesse ano foi motivado pelas condições climáticas desfavoráveis para as colônias dos morcegos hematófagos, como extremos de temperatura no início de 2022, com registro de queimadas no Nordeste da Argentina e na fronteira oeste gaúcha, e depois o excesso de chuva. Abaixo, confira o Progresso Rural na íntegra:

Mapa da raiva herbívora no RS

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!