Busca rápidaX


MANCHETES

Censo do IBGE aponta grande parcela de população idosa na região de Ijuí

21 de novembro de 2023

O Rio Grande do Sul lidera o ranking dos Estados brasileiros na lista de população mais velha, ou seja, maior proporção de envelhecimento. Os dados são do mais recente censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, realizado entre o final do ano passado e começo de 2023.

Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o integrante do escritório regional do IBGE, com sede em Ijuí, Valério Neumann, ressaltou que o território gaúcho se destaca no mencionado quesito desde o censo anterior, de 2010.

Dentre os 12 municípios do escritório regional do IBGE de Ijuí, quase todos possuem o público de 65 anos ou mais em maior número que a faixa de zero a 14 anos. Essa realidade é verificada, por exemplo, em Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Catuípe, Coronel Barros e Nova Ramada. O município de São Valério do Sul é uma das exceções, visto a presença de comunidades indígenas. Tradicionalmente, os índios têm uma taxa de natalidade maior.

No caso específico de Ijuí, Valério Neumann enfatiza que a proporção de pessoas acima de 65 anos é menor que a população de zero a 14 anos por conta de ser um município maior, que agrega serviços, consequentemente, atrai jovens para o mercado de trabalho.

Além disso, outro resultado do censo do IBGE é de que existem mais mulheres que homens em quase todos os municípios da região. Na faixa de zero a 19 anos, o número de homens até é maior, mas a partir dos 25 a 30 anos há mais mulheres. Isso porque, os homens morrem mais que mulheres após os 25 anos, muitas vezes devido a óbitos violentos, por exemplo, acidentes ou assassinatos, além de que geralmente o público masculino procura menos os serviços médicos, de forma preventiva, do que as mulheres, ou seja, adoece mais.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí