Busca rápidaX


MANCHETES

Ceriluz lançará projeto de energia solar durante feira em Catuípe

10 de abril de 2018

A possibilidade de produzir energia elétrica, que não seja apenas pela força da água, através de usinas, é uma das tendências da nova direção da Federação das Cooperativas de Eletrificação Rural do Rio Grande do Sul. O presidente da Fecoergs, eleito semana passada, que também preside a Ceriluz, Iloir de Pauli, revelou que no próximo mês, durante a Feicat, feira que vai acontecer em Catuípe, a Ceriluz lançará projeto de energia solar. Enfatizou que a iniciativa vai servir de laboratório para produção de energia por meio do sol.

A luz produzida nesse novo projeto vai ser colocada à venda no mercado. Para isso, a Ceriluz adquiriu 12 hectares de área em Catuípe. Iloir de Pauli defende a edificação em conjunto de pequenas centrais de energia solar e eólica, essa última, através do vento. Observou que é possível implantar torre de energia eólica e ao lado instalação de placas de energia solar. O presidente da Federação das Cooperativas de Eletrificação Rural do Estado explicou que na localidade de Esquina Umbú, em Nova Ramada, há dois anos e meio existe projeto piloto com uma torre de energia eólica, para analisar a força dos ventos.