Busca rápidaX

MANCHETES

Ijuí tem 90 casos de dengue confirmados, mas chegada do inverno afasta presença do vírus

21 de junho de 2022

Com mais dois óbitos confirmados na semana passada, o estado do Rio Grande do Sul contabiliza 56 mortes pela dengue. Os casos confirmados (entre autóctones, ocorridos dentro do RS, e importados) já passam dos 43 mil. Tanto em relação aos óbitos quanto aos casos, os números de 2022 são os maiores já registrados na série histórica da dengue no RS. Ano passado, encerrou com 10 mil casos e 11 óbitos, enquanto em 2020 foram três mil casos e três óbitos. Antes desses, os únicos anos com óbitos por dengue no Estado foram em 2015 e 2016, com duas e uma morte respectivamente.

Em Ijuí, 90 pessoas estão infectadas com o vírus da dengue atualmente. Do total de casos, nove são importados e 81 autóctones, ou seja, foram contraídos no município. No entanto, segundo o coordenador da Vigilância Ambiental, Reinaldo Pezetta, com a chegada do frio a circulação viral praticamente para, já que não tem mosquito suficiente para seguir o ciclo do vírus. Atualmente o índice de infestação viral está próximo a zero no município. Os casos que surgem nesse período do ano geralmente são importados, de pessoas que viajam a locais de verão. No entanto, mesmo com o indício de diminuição nos casos, os agentes epidemiológicos continuam as visitas a campo. Atualmente são cerca de 26 profissionais atuando em Ijuí.
Pezetta lembra que o inverno é o período ideal para combater o mosquito e eliminar os criadouros.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!